BOAS PRÁTICAS DE GESTÃO AMBIENTAL DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS
+
Categoria: Slide Principal
abr, 1, 2019

Boas práticas de Gestão Ambiental de Resíduos Industriais

Empresas do setor moveleiro do Carmo de Cajurú são sensibilizadas pelo SINDIMOV-MG

O Sindicato das Indústrias do Mobiliário e de Artefatos de Madeira no Estado de Minas Gerais – SINDIMOV-MG, em parceria com as Gerências de Meio Ambiente e Projetos Coletivos para a Indústria do IEL/MG, promoveu reuniões de sensibilização com as indústrias de móveis e com a Prefeitura de Carmo de Cajurú para adoção de boas práticas de Gestão Ambiental de Resíduos Industriais.

“Carmo do Cajurú é um polo moveleiro importante para geração de receita e de emprego na região. 38% da receita do município é oriunda do setor moveleiro e 72% dos empregos formais também estão no setor”, destaca Iara Abade, presidente do SINDIMOV-MG.

Segundo Iara, os empresários do setor moveleiro de Carmo de Cajurú estão enfrentando um problema grave em relação à destinação de resíduos. Na maioria das vezes, esses resíduos nem são gerados por eles, e sim pelos informais, e são destinados de forma incorreta.

O objetivo do projeto é sensibilização, a promoção e implantação de ações de boas práticas de Gestão Ambiental junto às indústrias de móveis e à Prefeitura de Carmo do Cajurú, especialmente no que tange aos Resíduos Sólidos Industriais do setor moveleiro.

Aconteceram duas reuniões, sendo a primeira com empresários do setor de móveis, no dia 12/03, e a segunda, no dia 22/03, com o prefeito de Carmo de Cajurú, Edson de Souza Vilela.

“Precisamos entender que tipo de resíduo é esse, fazer um estudo para ver como são gerados, organizar as empresas para destinar da melhor forma”, afirma Iara. Ela conta que atualmente só existem duas opções de destinação: ir para aterro industrial ou para cimenteiras. As duas situações são muito caras. “Em um segundo momento vamos pensar no ecodesign e em uma mudança da legislação ambiental porque Minas Gerais não permite a queima do resíduo”, diz.

De acordo com Iara, a Prefeitura se comprometeu a firmar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que daria um prazo maior para as empresas se adequarem ao gerenciamento e descarte de resíduos.

Fonte: Site FIEMG

Nenhum comentário
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

COMENTÁRIOS

You must be Logado comente.