Entramos em acordo
handshake-1513228_640
+
Categoria: SINDIMOV-MG
ago, 23, 2017

SINDIMOV-MG chega a bom termo com representantes de trabalhadores e formaliza nova CCT

O acordo está celebrado. Depois de muita negociação, debates e propostas, SINDIMOV-MG e SINDMAR chegaram a um denominador comum. Nossa CCT foi assinada. Ela é de aplicação exclusiva nos municípios de Belo Horizonte, Sete Lagoas, Itaúna, Mateus Leme, Lagoa Santa, Sabará, Nova Lima, Jaboticatubas, Esmeraldas, Ibirité, Rio Acima, Ribeirão das Neves, Itabirito e Carmo do Cajuru. O reajuste salarial dos empregados das categorias profissionais vigentes em primeiro de julho de 2017, serão corrigidos a partir de 1 de julho de 2017. Então, a partir dessa data os salários sofreram os reajustes como explicaremos a seguir.

Os pisos salarias dos Grupos sofreram um acréscimo de 10%. Para se chegar a esse termo é preciso fazer uma conta. Desse total, 7,45% correspondem ao índice aplicado sobre o piso relativo à convenção anterior (2016/2017). A esse valor acrescentamos o complemento de 2,55%, que refere-se ao período 2017/2018. Esse complemento também é aplicável a partir de 1 de julho. É importante lembrar que não é cumulativo ao índice anterior. O total dos dois índices, soma, portanto, 10%. É esse o resultado dos aumentos dos pisos, conforme cada grupo.

Para quem recebe acima do piso, os índices de reajustes são outros. Mas a lógica é a mesma. Foram 6,75% de reajuste. Desses, 4,2% (1/07/2017), sobre o valor do período 2016/2017, com o complemento de 2,55%.

A Antecipação Salarial nos períodos 2015/2016 (data-base 1/07/2016) e 2016/2017 (data-base 1/07/2017) poderá ser compensada com os índices acordados. Isso fica a critério do empregador.

Outros aumentos ou reajustes espontâneos e compulsórios ocorridos a partir de 1/07/2016 também poderão ser compensados pelas empresas. As exceções ficam por conta daqueles decorrentes de promoção, equiparação salarial ou término de aprendizagem.

Os empregados que tenham sido admitidos após primeiro de julho de 2016 terão o reajuste proporcional ao tempo de serviço, conforme tabela proporcionalidade. Para fazer jus ao percentual do mês de admissão, o empregado deverá ter sido admitido até o dia 15. Quem entrou depois receberá o percentual do mês seguinte.

Outro ponto importante negociado entre as partes foi a COMPENSAÇÃO DAS JORNADAS DE TRABALHO, comumente chamada de Banco de Horas. Pelo que foi acordado, as empresas que tiverem períodos ociosos poderão propor o sistema de compensação de jornada de trabalho. Importante frisar que a proposta deverá seguir todos os pontos acordados na CCT (Clausula Quinquagésima nona).

Para mais informações e acesso à integra do acordo assinado, ligue para nós.

 

 

Nenhum Comentário
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...Loading...

COMENTÁRIOS

Comentários fechados.